Outros conteúdos

Buscar

Dicas de culinária

Fermento Biológico e Fermento Químico

Publicado em por Fleischmann

Você sabia que o fermento é divido em dois grandes grupos, biológico e químico?

Nossa cozinha experimental preparou uma pequena descrição de cada um deles juntamente com sua finalidade, como forma de facilitar o uso do produto no nosso cotidiano.

Fermento biológico e Fermento químico:

O Fermento biológico é composto por organismos vivos, da família dos fungos, da espécie saccharomyces cerevisae. Quando entram em contato com a farinha e a aguá, eles são ativados e se multiplicam, produzindo gases que ajudam no crescimento de pães e pizzas, conferindo-lhe sabor e leveza.

O Fermento químico é composto por sais que interagem com a umidade e o calor, não sendo indicado para o preparo de pães e sim de bolos ou outras massas moles.

Fonte: Cozinha experimental Fleischmann

Cuidados com o fermento biológico fresco

Publicado em por Fleischmann

O fermento biológico fresco, tem uma vida mais curta e exige controle de temperatura até o momento de uso.

Para facilitar seguem algumas dicas que devem ser observadas no momento da compra:

  • Cheque a data de fabricação e validade do fermento biológico fresco Fleischmann, que conserva-se perfeitamente por até 45 dias.
  • Verifique a temperatura na gôndola refrigerada: deve estar entre 2 e 7 ºC.
  • A embalagem deve estar íntegra, nunca amassada, rasgada ou com furos.
  • Procure adequar a quantidade comprada a sua necessidade imediata, evitando armazenar o fermento.
  • Mantenha o fermento o menor tempo possível fora da geladeira, colocan-o no carinho de compras pouco antes de passar no caixa.

Em casa, mais alguns cuidados devem ser tomados:

  • Guarde o fermento logo que chegar em casa, na embalagem original, na parte mais fria e estável da geladeira (nunca no freeser e nem na porta da geladeira).
  • Retire-o da geladeira apenas no momento do uso e somente a quantidade pedida na receita. Não deixe o tablete exposto ao calor para que o fermento não comesse a agir antes da hora.
  • Ao abrir a embalagem, verifique a cor, o odor e a textura do fermento fresco: ele deve ter coloração bege clara, cheiro agradável e fresco, textura macia e quebradiça, que esfarela com uma leve pressão dos dedos.
  • Depois de aberto, conserve o fermento na geladeira por até três dias, em sua embalagem original envolta em filme plástico.

Seguindo esses passos, você garante a performance do produto.

Fonte: Cozinha experimental Fleischmann.

Pão com casquinha crocante

Publicado em por Fleischmann

Para obter um pão com casquinha crocante, regule a temperatura do forno para alta (230ºC) e deixe pré-aquecendo por 20 minutos. Coloque a assadeira com o pão na grade do forno e, antes de fechar a porta, joque no assoalho de ferro do forno cerca de 8 pedras de gelo. O vapor formado dentro do forno pelo derretimento do gelo deixará o pão com uma crocancia maior. Após 10 minutos, diminua a temperatura do forno (200ºC) para terminar de assar o pão.

Fonte: Cozinha Experimental Fleischmann

Livro de Receitas Fleischmann

Publicado em por Fleischmann

Faça o download do Livro de Receitas Fleischmann, com 49 receitas selecionadas:

Capa Livro2

Livro de Receitas Fleischmann

 

Dicas Quentes de Como Receber

Publicado em por Fleischmann

Que tal algumas dicas quentes de etiqueta e curiosidades sobre pratos, cardápios e estilos? Aqui vão curiosidades sobre como receber e servir bem seus convidados.

Lugares á mesa
É a anfitriã quem convida para a mesa e quem indica os lugares que ela já previamente determinou. Á direita da anfitriã senta-se o convidado de honra, a direita do anfitrião, a convidada de honra.

Consome
É servido em taça com duas asas. A forma correta é tomar essa sopa com a colher de sobremesa ou uma própria de consome. Algumas pessoas preferem tomá-lo segurando a taça pelas duas asas. Há consomes gelados e quentes.

Sousplats
São pratos maiores que os pratos rasos. Tem apenas a função estética, seu uso não é obrigatório mas é de grande efeito decorativo e completa o requinte da mesa.

Castiçais
Quando usar castiçais, acenda-os e deixa apagada as luzes do teto. Cuidado para que a altura as chama não interfira na visão entre os convidados.

Manteigueira
Se for servira manteiga, use manteigueiras individuais ou uma para cada duas pessoas.

Como montar Uma Mesa sem Gafe

Publicado em por Fleischmann

Agradar aos olhos é despertar o apetite. Pôr a mesa não é uma arte que deva ficar reservada somente para os dias de festa. A mesa, na maioria dos lares, é o único lugar em que todos estão juntos, e onde há um certo tempo para conversar, trocar idéias.

Portanto não podemos nos descuidar do modo como apresentamos os pratos, bem como da forma como eles são servidos. São estas coisas que conferem um toque de beleza, requinte e prazer à arte de comer.

Para entender quanto à organização do uso dos talheres, dos copos e pratos, o primeiro passo é conhecer sua correta colocação à mesa.

Toalha

Deve estar impecavelmente limpa e engomada, Se a louça for colorida, a toalha deve ser lisa e louça branca pode usar toalha estampada.

O Arranjo

O importante é usar a criatividade. Pode-se optar por um arranjo central ou fazer pequenos arranjos delicados, um para cada convidado. Eles não devem prejudicar a conversação e a comunicação visual entre os comensais. Pode-se, ainda, colocar um par de castiçais no centro ou nas laterais da mesa. Ou, ainda, um candelabro de 6 ou 8 velas.

Guardanapo

Os guardanapos foram conjunto com a toalha e são de tamanho maior para o jantar. Devem ser colocados à esquerda dos garfos ou sobre os pratos. Há várias formas de dobrá-los e ainda se pode optar por usar os portas-guardanapo.

O Sous-plat

Ou prato de sítio (prato de prata, cristal ou madeira): suporte para os demais pratos, ou seja, fica sob os pratos. É um prato maior que os demais, não se colocam alimentos nele e é retirado da mesa somente quando se vai servir a sobremesa. Se ele for usado, será colocado 3 dedos da borda da mesa. Não é obrigatório, mas contribui para maior satisfação.

Os Garfos

Sempre a esquerda do prato. Existem duas exceções: o garfo para ostras e para escargots que são colocados do lado direito. O garfo para ostras tem 3 dentes e o dos caracóis 2, pequeno e pontudo.

As Facas

Ficam a dois dedos da borda da mesa. São sempre colocadas do lado direito, a dois dedos do prato, com a lâmina de corte virada para dentro (em direção ao prato). Nunca colocamos mais de três facas à mesa; se for usar uma quarta faca, esta será colocada na hora de usá-la. Devemos colocar a faca na mesa mesmo quando servimos um prato para o qual não seja necessário usá-la.
Obs.: Todos os talheres serão colocados em ordem de uso do menu que será oferecido. Deve-se iniciar a utilizá-los de fora para dentro. São sempre colocados à mesa voltados para cima. Exceto quando o faqueiro tiver monograma ou brasão de família no verso; se houver, ficarão voltados para baixo.

As Colheres

São colocadas do lado direito e depois da faca, no caso de haver sopa ou consomé.

O Prato

Deve ficar bem ao centro do lugar destinado a cada pessoa e afastado 3 dedos da borda da mesa.

Prato Fundo

É sempre colocado sobre o prato raso.

Consomé

Serve-se da mesma forma que a sopa; a diferença, porém, está na louça. A taça de consomé é como uma xícara de duas alças e vem acompanhada de um pires.

Louça para Pão

Um pratinho à esquerda, próximo ao garfo. Cruzando sua borda superior, uma faquinha ou espátula para manteiga com a lâmina apontando para a esquerda se não houver manteigueira individual, se houver será colocada junto com ela.

Copo para Água

Deve ficar em frente ao prato, bem no centro.

Copos ou Taças para Vinho

À direita do copo para água.

Taça de Champanhe

No caso de servir champanhe num jantar, este deve vir com a sobremesa, e a taça deve estar à esquerda do copo para água. Se for servir champanhe durante todo o jantar, a arrumação será: no centro o copo para água (este é indispensável) e à direita, a taça para champanhe.

Pratos para Sobremesa

Os pratos de sobremesa são trazidos à mesa após todos terem terminado o prato principal.

Talheres de Sobremesa

Eles virão junto com o prato de sobremesa e serão colocados lateralmente e no sentido vertical, ou serão colocados no sentido horizontal entre o prato e os copos na seguinte ordem: colher e faca com os cabos voltados para a direita e o garfo com o cabo voltado para a esquerda.

A Lavanda

Conhecido com finger bowl pode ser de cristal, vidro, cerâmica ou metal, no formato de tigelinha. Sua função é permitir que você limpe os dedos, sem ter que se levantar da mesa, depois de saborear um prato utilizando as mãos (alcachofra, escargot, frango a passarinho, frutas). A lavanda é colocada sobre um pratinho pela esquerda. Logo que ela for colocada sobre seu prato de sobremesa, você deve retirá-la do prato, colocando-a sobre a mesa, também ao seu lado esquerdo. A água da lavanda pode ser fria ou morna. Pode-se acrescentar ao liquido algumas gotas ou uma fatia fina de limão, para ajudar a retirar a oleosidade que ficou nos dedos ao se comer um prato gorduroso. Pode-se, também, enfeitar a água da lavanda com uma pétala de rosa. Você deve mergulhar apenas as pontas dos dedos na água, por alguns segundos. Retire as mãos da lavanda, pegue o guardanapo que está no seu colo, ou o guardanapo que veio acompanhando a lavanda, enxugue delicadamente as mãos e recoloque o guardanapo sobre as pernas, ou, no segundo caso, deixe-o ao lado da lavanda.

Joguinhos de Saleiro e Pimenteira

Se for possível, coloque um diante de cada lugar, acima dos talheres de sobremesa. Não sendo, coloque um joguinho entre cada dois lugares. Se possuir apensa dois, coloque um em cada ponta da mesa. Eles são imprescindíveis para “corrigir” o tempero da comida oferecida, nunca os esqueça.

Decoração em Clima de Natal

Publicado em por Fleischmann

Bolinhas espelhadas, laços, Banjos, sininhos e muito dourado com vermelho nos arranjos de Natal. Decoração cafona para alguns, mas irresistível para a maioria, especialmente para crianças. A Aqui vão sugestões bastante simples, para gastar pouco: um arranjo de porta, um de mesa ou de aparador e ainda lacinhos pendurados na árvore da sala.

A maioria dos objetos utilizados nos enfeites podem ser encontrados em lojas populares. No arranjo de mesa, use gravetos e cascas de sementes caídas de árvores, pintadas com tinta dourada para realçar. A quem não tem habilidade com trabalhos manuais, sugerimos peças sem segredos na execução. Para garantir um visual harmonioso e agradável, a dica é não exagerar na quantidade de enfeites e procurar seguir um único tema.

Recebendo Convidados Extras

Publicado em por Fleischmann

Caso você receba mais alguém para as refeições e for tarde para ir às compras, adicione alguns extras ao prato que está sendo preparado. Aumente os refogados com vegetais enlatados ou congelados, ofereça pão e sirva frutas junto com a sobremesa.

Cobertura
Com queijo – Para aumentar um prato com vegetais, cubra-o com o molho de queijo e flocos de amêndoa. Grelhe.

Cobertura de massa – Abra massa de torta salgada e corte com um cortador de biscoitos. Disponha os moldes ao redor do refogado e asse em forno quente por 12-15 min.
Aumentando

Com caldo – Aumente a sopa com caldo condimentado ou um copo de vinho seco. Ferva e adicione creme de leite antes de servir.

Com milho – Para aumentar arroz cozido, misture uma lata de milho ou grão-de-bico e ervas picadas.

Com aveia – Adicione mingau de aveia e uma lata de tomate picado para aumentar molho à bolonhesa.

Entrada – Sirva tomate fatiado e salada de cebola com pão crocante como uma entrada rápida e simples.

Acompanhamentos – Sirva recheios ou molhos extras para aumentar o prato de carne assada.

Dobre a sobremesa – Caso tenha um purê de frutas ou mousse que não seja suficiente para os convidados, aumente alternando camadas de purê com chantilly em copos altos.

Recebendo Convidados Extras

Publicado em por Fleischmann

Caso você receba mais alguém para as refeições e for tarde para ir às compras, adicione alguns extras ao prato que está sendo preparado. Aumente os refogados com vegetais enlatados ou congelados, ofereça pão e sirva frutas junto com a sobremesa.

Cobertura
Com queijo – Para aumentar um prato com vegetais, cubra-o com o molho de queijo e flocos de amêndoa. Grelhe.
Cobertura de massa – Abra massa de torta salgada e corte com um cortador de biscoitos. Disponha os moldes ao redor do refogado e asse em forno quente por 12-15 min.
Aumentando
Com caldo – Aumente a sopa com caldo condimentado ou um copo de vinho seco. Ferva e adicione creme de leite antes de servir.
Com milho – Para aumentar arroz cozido, misture uma lata de milho ou grão-de-bico e ervas picadas.
Com aveia – Adicione mingau de aveia e uma lata de tomate picado para aumentar molho à bolonhesa.
Entrada – Sirva tomate fatiado e salada de cebola com pão crocante como uma entrada rápida e simples.
Acompanhamentos – Sirva recheios ou molhos extras para aumentar o prato de carne assada.
Dobre a sobremesa – Caso tenha um purê de frutas ou mousse que não seja suficiente para os convidados, aumente alternando camadas de purê com chantilly em copos altos.

Piquenique de Férias

Publicado em por Fleischmann

Um piquenique é, em muitos aspectos, a maneira ideal de desfrutar de bons alimentos e companhia agradável. Qualquer que seja a ocasião, mantenha a simplicidade ao fazê-lo para o máximo de diversão e o mínimo de sujeira.

Preparando a Comida do Piquenique

O tipo de piquenique que você está planejando determinará a seleção de alimentos. Para uma caminhada, você terá de colocá-los em um pequeno espaço, e deverão ser comidos com a mão. Se for de carro, você poderá levar os alimentos e equipamentos mais sofisticados.

Fazendo Sanduíches

  • Congelando – Faça sanduíches com antecedência, e congele-os. Recheios com ovos cozidos, maionese ou folhas não devem ser congelados.
  • Biscoito – Faça biscoitos pequenos usando o cortador. Recheie com queijo cremoso e coloque outro biscoito por cima. Prenda com palitos e coloque em recipiente plástico.
  • Misturando – Deixe os sanduíches atraentes usando uma fatia de pão integral e outra de pão branco com recheio no meio.

Mais Variedades Fazendo rocamboles – Corte a casca de pão de fôrma e passe manteiga. Coloque-o sobre um pano úmido, recheie e enrole com o pano. Corte o rocambole em fatias.

Usando filão de pão Recheando uma baguete – Em vez de sanduíches individuais, corte uma baguete ao meio no comprimento. Passe azeite, recheie e embrulhe-a. Fatie-a no piquenique.

Sobremesas Molho de frutas – Bata frutas, como morango ou manga, com mel a gosto. Coloque em um recipiente plástico dentro de um maior junto com frutas fatiadas.

Alimentos Simples

Vegetais crus - Embrulhe os vegetais junto com um tubo de maionese com alho para não usar pratos. Sugestões para vegetais: minicenoura, minimilho, rabanete, cogumelo e batatinha cozida.

Porções individuais – Leve tortas ou quiches individuais para que possam ser comidos com as mãos, sem precisar fatiá-los.

Batatas – Para piquenique em dias frios, embrulhe batatas assadas com a casca em papel-alumínio. Embrulhe em camadas de jornal ou coloque-as em sacola térmica para mantê-las aquecidas.

**Idéia Luminosa- Empilhando sobremesas- Faça musses ou creme brûlées em tigelinhas individuais e empilhe-as com cartolina entre cada uma. Embrulhe a pilha em filme plástico para transporte.

Escolhendo o Equipamento

Não é necessário comprar muitos equipamentos especializados para piqueniques, mas uma sacola térmica com pacotes de gelo é essencial para manter os alimentos frios frescos, ainda mais no verão. Objetos descartáveis são mais leves e seguros do que louças.

Recipientes

  • Formato – Use recipientes quadrados sempre que possível, pois são fáceis de empilhar e ocupam menos espaço. Os redondos em geral têm bons lacres;use-os para líquidos.
  • Frascos – Use frascos com a borda larga para manter alimentos, como salada de frutas, frios. Ou para manter refogados ou sopas quentes.
  • Caixas – Se você não tem cesta de piquenique, use uma caixa grande de papelão. Será mais fácil de carregar, inclusive, do que a cesta.
  • Fazendo uma base firme – Se você levar um fogareiro para um piquenique, cuide para usá-lo com segurança. Antes de acender, coloque-o sobre uma assadeira de metal no chão, bem longe de plantas e árvores.

Lista de Piquenique

Cheque a lista:

  • Guardanapos e papel-toalha
  • Saca-rolhas
  • Faca afiada para pão e outros alimentos
  • Pratos e talheres descartáveis
  • Colheres para servir
  • Água mineral
  • Toalha de piquenique
  • Guarda-Chuva grande
  • Pano úmido descartável em um saco plástico
  • Repelente
  • Kit de primeiros socorros
  • Sacos para lixo

Embrulhando os alimentos

Embrulhar alimentos para um piquenique é uma tarefa de bom senso. Com planejamento cauteloso, a comida chegará ao local fria, sem danos e pronta para comer. Uma regra geral é colocar os itens pesados e que não amassam embaixo, e os delicados por cima.

Saladas – Coloque as saladas em recipientes rígidos deixando certo espaço dentro.

Guardando o molho - Ponha o molho num pote com tampa e leve-o no mesmo recipiente da salada. Tempere a salada na hora de servir.

Levando o saca-rolha – Para garantir que se lembrará de levar o saca-rolha, e para encontrá-lo com facilidade no piquenique, prenda-o à garrafa com fita crepe.

Evitando problemas

  • Lenços de papel – Coloque tortas com bordas delicadas em caixas rígidas e coloque lanços de papel ao redor para proteger.
  • Copos e porcelana – Embrulhem-os em folhas de jornal para evitar que quebrem
  • Bebidas em garrafas – Deite as garrafas de lado sobre o gelo em um isopor para mantê-las frias e evitar que quebrem.
  • Ordem – Se possível, coloque os alimentos na ordem de utilização, com as sobremesas por último.
  • Vazamento – Deixe os refrigerantes descansarem depois da viagem para que não vazem ao serem abertos.